História da Maquiagem – Anos 20 e 30

E vamos para mais um Guia do Maquiador (fazia tempo né?!?), e hoje vamos falar um pouco sobre a história da maquiagem focada nos anos 20 e 30 😉

Anos 20 – o cinema estava no auge e as “deusas” da tela arrebatavam corações. As saias subiram acima dos joelhos e as meias de seda passaram a ser presas por ligas que apareciam sob as franjas dos vestidos das melindrosas.

anos 20

A maquiagem era bem forte, com lábios rubros, em feitio de coração, olhos pintados de negro com cílios duros de rímel. Os cabelos curtos (Chanel) tinham franja e corte reto na altura das orelhas.

Foi nessa época que foi lançado o primeiro curvador de cílios.

Anos 30 – os apetrechos de maquiagem agora eram carregados na bolsa e precisavam ser menores e portáteis para que a mulher retocasse a maquiagem onde quer que estivesse. Max Factor se mudou da Rússia para os Estados Unidos e criou uma série de itens de maquiagem (gloss, brilhos, sombras, entre outros) que deixavam as estrelas de Hollywood com uma aparência diferenciada. Ele foi o responsável pelo surgimento de Greta Garbo, Marlene Dietrich e pelos cabelos platinados de Jean Harlow. O termo make up também foi inventado por Max Factor.

max historyOutra revolução foi o pancake, lançado em 1938 para o filme … E o Vento Levou. Vivian Leigh tinha a pele muito irregular e o pancake a salvou nos closes.

anos 30

O cinema era o lazer por excelência e com isso as estrelas da tela eram imitadas por todas as jovens da época. Nos Estados Unidos, as mulheres invadiam as lojas de departamentos e as lojas especializadas, como as de Max Factor, em busca de produtos que as deixassem iguais às suas estrelas favoritas. Ava Gardner, Lana Turner, Veronica Lake, Rita Hayworth, todas tinham algo a ser copiado, fazendo dobrar as vendas de maquiagem.

E as próximas décadas serão 40 e 50!!!

Beijos

➡ estou em NY, então não deixe de me seguir nas redes sociais para acompanhar essa viagem linda!!!
Instagram e Snapchat: @flaviaa_gil

Facebook: Instamakeup

Você irá gostar também...

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.